quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Dessa vez, querido, não vou ficar triste. Estou ocupada, tenho tanta coisa pra fazer. Tantos livros para ler. Tanta história pra viver e escrever. O tempo está mais curto, correndo mais depressa. E eu, na maioria das vezes, já acordo atrasada. O ponteiro do relógio sempre adiantado e a rua já toda acordada. Eu estou só começando a vida, não tenho muito tempo, nem posso desperdiçar o que tenho. A vida tá correndo e junto com ela estão indo as oportunidades. Pois é, e eu estou indo logo atrás. Não posso, nem devo ficar parada. Ninguém está me esperando, eu também não vou ficar esperando por ninguém. Eu vou acompanhando, andando, mas se precisar vou correr. Tenho muitos livros pra ler, todo um futuro pra viver e um passado pra esquecer. Por isso dessa vez não vou ficar triste. Não é que não doa, porque dói, nem porque eu não quero, porque, na verdade, eu preciso. Acontece que eu estou sem tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário